Oficina de teatro: tudo que você precisa saber

Oficina de teatro: tudo que você precisa saber

 

Não é de hoje que a arte impacta as pessoas. Ficamos facilmente maravilhados com espetáculos, concertos e demonstrações artísticas dos mais variados meios. Mas, quando falamos em atuar, muitos respondem rápido “não sou ator”, ou, “eu não consigo”.

Contudo, uma maneira se desenvolver tanto física, quanto psicologicamente, é participando de uma oficina de teatro. Afinal, a arte estimula a criatividade, um trabalho em grupo estimula o senso de coletivismo, e atuar coloca o corpo em movimento.

Mas, então, o que é uma oficina de teatro?

Uma oficina de teatro é um curso rápido, com duração que pode ser de uma a dez horas, com o objetivo de treinar um aspecto dessa arte. Seja uma oficina para desenvolver uma peça curta em específico, ou realizar um determinado exercício de atuação.

Normalmente, a função de uma oficina é implementar mais conhecimentos e agregar uma variedade de experiências ligadas a algum contexto específico, o qual o participante não conhece.

É muito comum que as oficinas de teatro sejam a “porta de entrada” do interessado nesse universo. Através dela, aspectos da arte vão ficando mais claros. Sempre bem-humoradas, podem conter: jogos teatrais, prática de cena, gincanas, exercícios de reconhecimento corporal, tudo dependendo do objetivo da atividade.

Aqui no IBHF, além de teatro, também temos oficinas de circo e aulas de dança para jovens e crianças, dê uma olhada clicando aqui.

Nosso objetivo é ajudar a desenvolver a concentração, memorização, imaginação além de competências e habilidades sociais como empatia, tolerância e trabalho.

Como fazer uma oficina de teatro?

Como mencionado anteriormente, é importante definir o objetivo da oficina. O que você espera dos participantes após a conclusão da atividade? Quer que eles aprendam sobre um conceito específico de atuação? Quer que façam uma pequena peça?

Tendo definido o objetivo, é momento de decidir quais atividades se alinham com essa meta. Por exemplo, se o objetivo é praticar a coordenação motora, você pode propor a interpretação de uma peça rápida, com bastante movimentação entre os atores. Caso seu foco seja um treino para apresentações de público, atividades de atuação individuais podem ser mais efetivas.

O próximo passo é definir quantas pessoas você espera que participem da atividade. Se vai fazer uma pequena peça, precisa de pessoas o suficiente para cobrirem todos os papéis. Já no caso de uma atividade que precise de pares, se certifique de não deixar ninguém de fora.

É muito importante ter esses dados em mente, afinal são eles que irão nortear seu planejamento. Separe tempo para levantar todas essas informações, assim como, preparar todos os materiais que vai precisar no dia.

Ideias para oficina de teatro

Nem sempre é fácil escolher as atividades depois de definidos os objetivos, para tal, ideias são sempre bem-vindas. Veja algumas possibilidades:

Introdução ao teatro: uma opção interessante para as mais variadas faixas etárias. Pode começar a oficina explicando os conceitos básicos de teatro e atuação, e terminar com a confecção de pequenas apresentações entre os participantes. Lembre-se de preparar as peças com antecedência se for seguir esse modelo.

Falar em público: sabemos que um grande número de pessoas tem dificuldade de falar em público. Pensando nisso, alguns buscam oficinas de teatro como meio de superar esse desafio. Para tal, atividades expositivas, ou reprodução de monólogos, aliados ao estudo de técnicas de como atuar podem ser efetivas.

Mini-peças: as mini peças, também chamadas de sketchs, são roteiros curtos, geralmente com poucos personagens. São um mecanismo interessante para a confecção de uma oficina, pois tem um corpo menor facilitando a prática e os ensaios. Sendo fácil a adaptação para diferentes idades.

Dedoches/Fantoches: se seu objetivo é que crianças de três a dez anos conheçam melhor o próprio corpo e a movimentação, um bom caminho é o uso de dedoches e fantoches. As atividades da oficina podem ser simples, confecção dos personagens e a reprodução de uma história famosa ou fábula com eles.

A arte no geral costuma fazer bem para as pessoas, e aprender sempre é mais fácil de forma lúdica.

Caso queira saber um pouco sobre os benefícios das oficinas de dança, dê uma olhada nesse link.

 

small_c_popup.png

Comece a ajudar!

Sua ajuda é muito importante!

Clique na forma de pagamento que preferir:




Se preferir você pode doar creditando na conta do Instituto BH Futuro:

Transferência direta – Banco Santander

DADOS BANCÁRIOS
Instituto BH Futuro, CNPJ 28.247.706/0001-71
Banco Santander (033), Agência 4275,
Conta corrente 13005159-8